“Troquei 15 quilos de gordura por uma vida mais saudável”

Conheci a Maíra em um evento de mídias digitais e até nada demais. Uma mulher super querida, simpática e que já acompanhava meu blog (isso me deixa sempre feliz e empolgada quando conheço alguém que me conta que já lê o DG) e claro, alguns quilinhos acimado bendito peso ideal, também tudo ok até aqui. Depois desse evento ela me indicou um clientes, nos seguimos no instagram e fim. Fim? Não. Um dia eu olhei o instagram dela e parei, voltei, olhei e vi que ela estava beeeeeem magra e com uma carinha tão feliz. Então comecei olhar as fotos antigas e entendi que ela estava mudando e fazendo reeducação alimentar. Amei e fiquei com vontade de pedir para ela fazer um post, mas nem conhecia a Maira direito, não tinha tamanha intimidade. Até que umas duas semanas atras ELA me pediu se eu queria publicar para incentivar as pessoas! Taiiiixxx brincando, como dizem os manezinhos aqui, quero muito e aqui está!
INSPIREM- SE E PERCEBAM QUE TODOS PODEMOS MUDAR E NOS REEDUCAR! Boa leitura!!

Em maio de 2013, após algumas caminhadas e uma perda inicial de peso, resolvi através do contato amigável que tenho com Márcia, gestora do Dom Vitale, conhecer a empresa e o programa de emagrecimento. Estava empolgada com a ideia de que não iria fazer mais uma daquelas dietas malucas, mas sim reeducar toda a minha alimentação de forma diferente, inteligente e principalmente saudável.

Já tive dois ou três problemas de peso durante os meus 28 anos. Era magra, engordei, voltei a emagrecer e depois a engordar. Estava nesse efeito sanfona por, no mínimo, 10 anos. Não aguentava mais ter que trocar de guarda roupa de tempos em tempos. Então resolvi mudar.

Procurei o Dom Vitale e começamos com as avaliações. O peso estava 10 quilos acima do normal. O percentual de gordura beirava a fase obesa. Sem contar a retenção de líquidos, o mal estar, o cansaço e tudo que vem com a sobrecarga de peso excessivo. Eu sabia que subir naquela balança mudaria meus próximos meses, meus conceitos e até meu modo de pensar sobre comida. Sempre fui ansiosa. Ansiosa ao não conseguir dormir, se no outro dia precisasse acordar em um horário diferente, com medo de perder a hora. Algum tipo de ansiedade que só poderia ser tratada com algumas consultas terapêuticas e algumas respostas para os “porquês”. E com o programa de emagrecimento não seria diferente.

No Dom Vitale encontrei vários acompanhamentos necessários para fazer a reeducação alimentar. Inicialmente eu já sabia que teria de perder, pelo menos, os 10 quilos a mais e escolhi o programa mais completo oferecido. Era de 16 semanas, ou seja, 4 meses. Em agosto eu já teria outro corpo e principalmente outra mente.

Dentro do programa, comecei com o teste de intolerância alimentar para saber se haveria algum alimento que não poderia comer, ou intolerância a lactose ou glúten. Nem um, nem outro, deu tudo certo. Apenas houve o surgimento de uma leve intolerância a amendoim, porém não foi um problema para a nutricionista tirar este item do cardápio.

O segundo passo foram as consultas com a nutricionista. Sempre com avaliações, pesagens, acompanhamentos. Toda semana, quando chegava o dia de ir ao Dom Vitale, já sabia que as meninas estariam lá para comemorar comigo mais um quilo que foi embora. Sempre foi muito empolgante ser recebida e incentivada pela equipe, até mesmo com procedimentos e sessões. Além da nutricionista e dos acompanhamentos semanais das profissionais de lá, o que contou muito também foram as sessões de controle emocional. Você percebe que algumas coisas na sua vida são entendidas quando conversa com as pessoas sobre isso. Ajudaram-me muito a mudar o modo de ver as coisas, pessoas e comidas.

Junto às idas semanais, estavam os procedimentos e os exercícios físicos. Toda semana tinha coisas pra fazer no Dom Vitale. Eram sessões de auriculoterapia, infrared, saúna, drenagens linfáticas, massagens modeladoras com cellutec e sessões de carboxiterapia. Cada uma com uma função para completar e ajudar no processo de emagrecimento. Todas essenciais. Além das atividade físicas. Junto com o acompanhamento no Dom Vitale, comecei o Circuito Training da Acádemie Mouvement, da Cyntia Nolli. Despertador às 06h30m, estava frio e era inicio de inverno. O termômetro marcava 11 graus, porém ao chegar à academia a mulherada estava animada. Todas com o objetivo de serem mais saudáveis.

Os quatro meses passaram voando e chegou agosto. E lá estava eu, depois de um intensivo de reeducação, exercícios e muita dedicação, com 15 quilos a menos. Mais saudável e mais feliz. Todo esforço valeu a pena. É uma mudança para a vida toda e sempre é necessário um apoio para começar. Hoje continuo com as atividades físicas, sessões de estética e massagens e cuido da alimentação. É um estilo de vida e não apenas uma dieta.

 dani-garlet_emagrecimento_antes-e-depois_

( Peso Antes 71kg – Depois 56kg )

Por Máira Daniela da Costa – Jornalista 28 anos – Rio do Sul S/C

Beijos Reeducados!!!

Projeto Eterno / Diário de Dieta: meus lanches

Abandonei os títulos com o nome de Diário de Dieta e passei a me comunicar com #ProjetoEterno, afinal de contas estou mudando meus hábitos e minha vida e não apenas fazendo dieta. Comecei e não gostar nem de ouvir falar sobre dieta pois não quero passar o resto da vida de dieta, quero mudar e ter mais saúde de forma tranqüila e equilibrada.

E pensando nisso, quero dividir com vocês o lanche que eu faço quando tenho muita vontade (eu sou viciada em pão de trigo) de comer pão de trigo:
- 1 pão de trigo SEM MIOLO
- 3 folhas grandes de alface americana
- 3 folhas de rúcula
- 3 fatias de tomate
- 1 fatia queijo ou 2 colheres de queijo Cottage
- 1 fatia peito de peru
+ 1 copo pequeno chá verde

20140131-233005.jpg

Ou lanche sem queijo:
- 2 torradas (amo a integral da wickbold)

- 2 castanhas
- 1 fatia de peito de peru
- salada mista (eu gosto muito de saladas e agora estou usando aceto e azeite e não uso mais sal, pois o aceto tem bastante sabor)

20140131-233335.jpg

E na praia ou passeios no parque, na praça?! Leve frutas!
Você pode comer porcarias, claaaaaro, mas escolha só uma, saboreie o máximo e fim!

20140201-143429.jpg

Você fotografa tudo no celular e não consegue desconectar? I Forgot My Phone!

Então, é com você que eu quero falar, ou melhor, quero que assista esse vídeo. Já assistiu, ótimo, assista novamente. E mais, observe seus amigos e principalmente seus filhos de qualquer idade, mas principalmente os que já nasceram plugadinhos! Não, não ache que é normal, pois não é.

 

Eu Dani, levei um susto tão grande ao ser tão impactada por esse vídeo, que ninguém imagina, pq eu sou exatamente assim. Meu marido já reclamou que entro no carro e ele se sente o motorista da rodada, pq eu não largo o celular, acontece que eu não me via assim. Que horror. Vou fazer terapia se eu não consegui viver com o celular como um ser normal, na medida certa. 

 I Forgot My Phone_

 

 

 

Beijos Meio Chocados

Onde foi que eu errei??

Acordei hoje meio mal, me perguntando onde foi que eu errei? Em que momento em ganhei peso e não percebi – além dos 7kg da viagem na NZ – onde eu me perdi? 

 
Em que parte da minha vida eu esqueci de cuidar do meu corpo? Na parte que enlouqueci blogando e trabalhando ou na parte que virei madrugadas sem dormir ou vendo TV. Quem sabe na parte em que desanimei por vários motivos e comi tudo que vi pela frente? Ou ainda na parte que eu cuidei de todo mundo menos de mim? Nos dias intermináveis pagando academia e deixando para o outro dia, afinal, pra que levantar do sofá e deixar minha série favorita? Ansiedade, roer as unhas sem parar e só pensar no que eu vou comer daqui 5 minutos. Acho que me perdi em todas essas situações e em mais algumas. :( 

 
Aí que, como estou sem computador (deixei cair no chão e ele estragou, deve voltar do conserto hoje) fui mexer umas coisas guardadas e achei esse computador velho e nele essas fotos de uns 2 ou 3 anos e fiquei meio chocada. Um pouco pq estou sim acima do peso que gosto de estar – e olha que não falo de barriga de fora não – mas pq nessas fotos eu já me achava com uns kilos a mais. 

 
Amo essas fotos que eu mostrei aqui em 2010 e vou me inspirar nelas para continuar firme na minha mudança de hábitos alimentares. Não tem outro jeito de mudar, não tem como se enganar. E sim, estar no meu peso me deixa mais feliz, animada, confiante e entrando nas minhas roupas de sempre. 



 
Tem alguém aí que se sente assim? Como se o corpo não conseguisse reagir a nenhum estímulo para fazer um exercício físico que não seja passear 30minutos com os cachorros ou ir na padaria – da esquina – a pé??
Me dá um desanimo móóóórrr só de pensar em exercícios e dieta, mas estou conseguindo a mais ou menos uns 5 dias. Vou contar mais no Diário de Dieta que voltei e escrever! 
Hoje estou bem louca com um app novo – eu finalmente comprei o iphone5, ai coisa mais linda e que me ajuda muito – Tecno Nutri. Baixem, pois é bem legal, você vai controlando as coisas que come. É legal, mas não se deixe enlouquercer, rs.

 

 
Essa foto veio bem nesse momento que eu preciso, não acham??? hahahah #PareDaniGarlet

Beeeeijos tentando consertar os erros!

Muito amor: podologia!

Acho que nunca mais vou conseguir fazer as unhas dos pés, se não for com a podóloga Jussara. Gente, é maravilhoso demais. Meu pé ficou lindo e olha que isso é algo praticamente impossível. rsrs.

 

A Ju atende no Espaço de Beleza Carlos Lima e eu agora virei fanzoka dela. Além de o trabalho dela ser ótimo, ter uma sala separada, fazer anamnese dos pacientes (ou só clientes né?), ela é muito atenciosa , educada e querida. Juntando tudo, saio de lá amando meus pézinhos!! 
Indico que vocês experimentem, depois vão poder me dizer algo. Mas ó, eu indico a Ju, no meu salão. Tem um monte de gente que se diz podóloga por aí, então, cuidado. 



Marquem um horário lá no salão, digam que viram aquji no blog que tem descontinho para os leitores! Fone (48) 3369.9020!
Usei look com calça pink, que foi super elogiada no dia e por isso veio para o blog! hehehe
Eu uso: Sapato Ana Hickmann / Calça presente de uma amiga / Blusa Renner / Cinto Le Chérie / Lenço do camelo da Campinas (mas não recomendo, pois está se rasgando todo!) / Pulseiras: spikes Gisele Pietro Acessórios, Caveira e love são da minha loja/brechó on line.


Beeeijos com pés bem cuidados!