Saia midi + blusa ciganinha

Nesse look resolvi misturar dois estilos bem diferentes. A ciganinha, uma peça quase teen, de gente bem jovem com a famosa saia de comprimento midi, usada de forma mais elegante. É assim que eu vejo essas duas peças e de verdade, até colocar no corpo eu achava que não daria tão certo. rs

E aí?! Sim ou não?!

Produção: Karol Carminatti / Fotos: Amanda Tomasia

Beijos, Dani

Aquele poder de começar e recomeçar sempre sorrindo!

Porque as vezes eu sei – e você sabe – que reunir forças para recomeçar do zero ou começar algo não é assim tão fácil. Parece que tudo ao nosso redor é pequeno demais ou grande demais e capaz de nos engolir! Mas, re/comece. Seja no trabalho, vida pessoal ou no amor. Recomece, comece quantas vezes desejar.

E não é fácil a jornada de quem deseja mudar algo. Muitas vezes não se tem apoio de ninguém a não ser de nós mesmos e isso torna as decisões mais difíceis, eu sei. Eu já estive nesse lugar de decisão e hoje escrevo porque mudar foi o melhor que eu fiz!

Quando você sente uma vontade de mudar algo, olhe para isso. Pense, reflita e encha sua alma de coragem, assim você fará o que deseja de uma forma suave, e organizada.

Esse post e essas fotos são de 2017 e eu tinha esquecido de publicar, como vocês podem perceber pelos meus cabelos, rs.

Foi um post que escrevi com carinho e como forma de incentivar vocês que tem vontade de mudar, de se reescrever, se reinventar!

Desejo que os ajude, que os inspire!

Beijos, Dani

Primeiras fotos com iPhone X + look do dia

Hoje fiz minhas primeiras fotos com o iPhone X e estou apaixonada! Ele é espetacular, gente!

Ainda estou entendendo como funciona a câmera no modo retrato, que para meu trabalho vai ajudar muito. Mas fotos de look já amei o fundo desfocado e cores muito mais fiéis.

Comprei meu iPhone X fora do Basil com a Cleo da loja de redirecionamento miscelânea store. Esse é o Whats dela: +1 (301) 263 – 5064 e sim, vale muito a pena!

Todas essas flores são da casa dos meus pais!

Eu uso: Calça e regata: Renner / Mule: Passarela

Bento usa: calça de bolinhas presente / Babador cinza: mandei fazer / camiseta: carters;

Beijos animados! Dani,

Comparando carrinhos de bebê: Euro 6 Burigotto X Safety st1

Euro 6 – Burigotto

Safety st1

Comparações dos 2 carrinhos de bebê que usamos até agora quando o Bento tem 55 dias de vida!

Antes dos prós e contras, quero deixar um questionamento para quem ainda não comprou: você precisa mesmo de um carrinho? Onde você irá usá-lo? Em que situações? Pense. A gente viveria muito bem sem carrinho, até hoje, mas como eu também não tinha noção, compramos o primeiro. O Safety ST1, que vem com moises para o bebê dormir. O Bento dormiu 15 dias e já foi para o cama dele porque começou bater os braços nas laterais do carrinho e ficar desconfortável. Lembrando que nosso bebê é um giga baby, rs.

Safety ST1

Negativos:

⁃ Enorme, super trambolho; Ocupa muito espaço no carro, na casa;

⁃ Pesado;

⁃ Bebê conforto pequeno, Bento usou bem pouco :/

⁃ Não dá pra usar sem a base, então não tem como ajustar a inclinação; (algumas pessoas usam sem, mas não conseguimos). Dava a impressão de que o bebê ficava muito em pé e a cabeça caia o tempo todo para os lados;

⁃ Capota é um pouco pequena e fixa;

 

Positivos:

⁃ Tem moisés pro bebê dormir no início é ótimo! Embora o Bento usou pouco pq era muito grandão, como vcs sabem, rs.

⁃ Alça que seguramos pra empurrar é alta, com varios ajuste e isso é ótimo pra quem é alto;

⁃ Fácil fechamento, mas nunca consegui sozinha é muito menos só com uma mão!

⁃ Tem 4 todas mas com formato mais moderno como se fosse 1 na frete;

⁃ Sai o Moisés para encaixar o Bebê conforto e isso é ótimo pra passear, levar só a base no carro;

 

 

Burigotto Euro6

Negativos:

⁃ Enorme, super trambolho.

⁃ Alça que seguramos pra empurrar é curta para mim que sou alta; Se ela fosse mais alta ou ajustável eu diria que encontrei o carrinho PERFEITO, mas não é.

⁃ Fácil fechamento, mas tbem não consigo sozinha;

⁃ Tem 4 rodas no formato tradicional e isso ocupa mais espaço no carro;

Positivos:

⁃ Melhor bebê conforto do mundo! Não tem base então dá pra ir ajeitando, inclinando etc. Viajamos 10h ida e 10h volta e foi ótimo!

⁃ Colocando um travesseiro ele serve como Moisés, bem tranquilo;

⁃ O lugar onde o bebê fica é super grande;

⁃ Capota grande e tem visor e ventilação com telinha;

⁃ A capota do bebê conforto se ajusta, tipo, ergue só um ladinho se estiver pegando sol no carro;

⁃ Bebê conforto vem com proteção fofinha pra cabeça;

Importante: essas são AS MINHAS impressões. Foram baseadas em 2 meses de bebê em casa. Espero que ajude na decisão de vocês;

Beijos, Dani

Relato de parto induzido!

http://www.danigarlet.com.br/wp-content/uploads/2018/02/img_1035.mov

23h26 do dia 05.01.18 exato 1mês eu vivia algo emocionante!!

Quando as pessoas me perguntam “Como você conseguiu?” minha resposta divertida é “Não faço ideia”, mas eu sei exatamente como nós conseguimos!

Quinta-feira 04.01.18 com 40 e 4 dias semanas de gestação e nenhum sinal do Bento. NENHUMA contração. Nem sinal de romper bolsa, nem tampão, nem dilatação. Isso parece o que?! Indicação de Cesária? Talvez.

10h consulta com Dra Karol e decidimos internar as 18h e começar indução. Fomos para casa da minha mãe almoçar e no caminho fiz a unha. Foi bom almoçar com a minha mãe, antes de eu me tornar mãe literalmente.

18h internamos no Ilha com a maior calma e zero ansiedade. Nem me reconheci. Fomos agraciados com algo que eu AMO: um por de sol lindo ao som das batidas do coraçãozinho do Bento.

Uma noite de indução;

Um dia inteiro de indução com lenta dilatação e sinais de cansaço.

Lá pelas 16h (eu acho) do dia 05.01 as contrações chegaram sem avisar (aquelas que eu ouvia: você vai saber quando elas começarem e eu soube!) e aí achei que ia enlouquecer. Não demorou muito e pedi pra Dra Karol o que eu estava fazendo ali todo esse tempo, hahaha. Odiei ficar no chuveiro. A água me incomodava e nessa hora já entendi que eu não ia para a famosa banheira em hipótese alguma!

19h muito sono, sentada na bola (santa bola!), querendo chorar, querendo ser abraçada (e não querendo ao mesmo tempo!), querendo pegar minha mochila (eu nem uso mochila) e sumir dali mas já com 7cm de dilatação! 20h muito cansada e com 9cm de dilatação decido pela analgesia e que escolha incrível eu fiz!

Na sala de anestesia, quando começou o efeito dela voltei amar Dra Karol, relaxei, zoei o anestesista e num passe de mágica OUVI a bolsa romper e me animei;

Eram 21h quando entrei na sala de parto. Chamei o Adri para ajudar a “galera” me botar na cama onde achei que ia dormir um pouco. Nada disso, efeito da analgesia passou tipo foguete e foi preciso mais uma dose e Dra Karol já me botou no banquinho e me diverti vendo Adri e Dra ajeitando minhas pernas gigantes no banquinho!

Dali para as 23h26 rolou um algum papo que eu não me lembro. Só lembro do calor daquela sala, do Adri sentado atrás de mim sendo meu maior suporte, sendo maravilhoso e da Dra Karol preparada bem na minha frente!

Entre forças e forças que eu fiz, dra Karol me disse que estava vendo o cabelo do Bento e em um momento pensei que eu não estava ali a quase 30horas para desistir e nesse momento, após umas 3 ou 4 “forças sobre-humanas” eu vi Dra Karol rindo e me entregando meu filho e eu não podia acreditar que era real, que eu tinha conseguido! Segurar meu filho no colo ao lado do Adri tão rápido foi SENSACIONAL!

Não tocou as músicas da nossa playlist, meu cabelo não estava solto na hora em que vi meu filho pela primeira vez e foi o melhor momento da minha vida!

Como eu consegui parir um bebê de 4.585g num parto normal? Acreditando na minha força, sentido a confiança dos profissionais que escolhemos, deixando acontecer e sabendo que aconteceria o que era para acontecer!

“Um ser humano dentro do outro é sensacional!” #danigarlet

Ps: estou pensando em fazer um outro post sobre parto induzido.