Sobre fazer aniversário + o dia da Cris!

Hoje é aniver da Cris, nossa colunista aqui do blog. Ela ado sumida, mas todo sumiço dela é sempre recompensado p/ nós leitores – e eu sou fã assumida dela – com os textos e ideias que nos fazem refletir sobre vários assuntos sempre!
Então, eu , em nome do danigarlet.com e de todos os nossos colunistas, desejo para ti Cris:
Que você nunca mude.
Que essa vontade, essa “coisas” que tens  de deixar todos felizes ao teu redor, não se acabe nunca.
Que teu sorriso continue encantado as pessoas!
Que você, nunca “jamé”, desista das tuas vontades e sonhos. Feliz Aniver e muito obrigada por dividir um pouco de ti, conosco. Dani

Agora, com vocês, o texto da Cris sobre ANIVERSÁRIO:

 

“Pra mim, o aniversário é como o Reveillon: data em que você apenas alimenta as maiores expectativas de que, no momento em que ele der as caras, magicamente sua vida vai mudar. Pura ilusão.
E hoje, num programa de rádio, ouvi essa mesma comparação novamente: o radialista disse que o aniversário é como o primeiro dia do ano: a contagem zera, você começa tudo de novo. Discordo de sua colocação, em partes.
Não me senti diferente ao acordar pela manhã: não vi nenhum pé de galinha a mais no rosto, não acordei mais magra, muito menos senti qualquer indício de ter obtido grandes progressos no processo rumo à maturidade – também pudera, completei 22 anos! Não ganhei nenhuma promoção no emprego, não me mandaram flores (nessas horas não faria mal nenhum ter um namorado né?), não senti nenhuma metamorfose energética e não acordei com a cutis mais luminosa do que em qualquer outro dia.
Claro que recebi presentes, mensagens, e-mails, ligações. Muita gente querida se lembrou da data, outros tantos esqueceram. Vou sentar e espernear por causa disso? Não. Porque não me importo que esqueçam do dia em que nasci, quero é que lembrem de mim quando eu esqueço que não estou sozinha.
Eu não sou o dia em que vim ao mundo, eu sou feita de todos aqueles em que luto pra permanecer nele. Dramático? Talvez. Mas mais dramático mesmo é surtar quando as pessoas que te mimam todos os dias têm apenas um momento de total distração. No fim das contas, elas sempre te pedem desculpas e te mimam um pouco mais.
Se o aniversário é a comemoração do dia em que nascemos, por que não seria também daqueles em que renascemos? Para outras pessoas, para outras situações, novos empregos, relacionamentos…
Talvez eu nem me lembre do que senti no meu aniversário de 7 anos, ou mesmo no aniversário passado, mas lembro muito bem o que senti no dia em que perdi meu pai, naquele em que quase perdi uma prima-irmã-mais-velha-melhor-amiga, naquele em que bati o pênalti que decidiu o campeonato de futebol estudantil, na primeira vez que peguei cada uma das duas irmãs no colo, na formatura do colégio, no início e no término do namoro, na admissão e na demissão do primeiro emprego, na primeira viagem de avião, no primeiro desenho concluído, na saudade por morar longe da mãe querida, na alegria e no desespero de morar a 500km de casa. Todos esses dias inauguraram ou encerraram fases definitivas e memoráveis da minha looonga vida.  Hahaha. Ah, esses sim foram meus verdadeiros aniversários.  Evidentemente, nem todos foram felizes, mas a vida é sempre feliz???
Certo dia li uma frase desses livrinhos de reflexões: não se preocupe em acumular dias à sua vida, preocupe-se em acumular vida aos seus dias. Que Deus abençoe o ser que a escreveu, e mais ainda os que a levam ao pé da letra.
Meu aniversário pode ser sim um recomeço se assim eu o decidir, assim como ele pode ser apenas um lembrete de que a vida passa e que, enquanto faz isso, ela nos dá a chance de optar por infinitos caminhos e recomeços.
Nunca sabemos por quanto tempo vamos viver, então por que simplesmente não vivemos e esquecemos do tempo??? Se eu não levar em consideração a idéia original do aniversário e se minhas contas estiverem certas espero, de todo coração, que até o próximo 15 de março eu comemore, pelo menos, mais uns cinco aniversários!!!  ;D”Beijos,
Cris
Ps. gente, assinaturas dos colunistas estão com probleminhas lá na agência, mas a demora vai compensar a belezinha delas! ahaha Afinal, os colunistas merecem ser bem identificados aqui! Dani

 

4 ideias sobre “Sobre fazer aniversário + o dia da Cris!

  1. Dani!!! mt obrigada pela homenagem e pelas lindas palavras! obrigada pelo incentivo de sempre.. obrigada por ser tao especial mesmo de longe! =D aaaaaaaaaaamo esse blog e caaaaaara vc eh o maximo!!! te adoro! =D

  2. Cris, que faz o bem tá sempre rodeado de pessoas do bem!
    É isso que eu acredito!
    :))

    SUPER BEIJOS E ABRAÇOS!
    Dani

  3. “…não se preocupe em acumular dias à sua vida, preocupe-se em acumular vida aos seus dias.”
    Lindíssimo texto Cris, parabéns duplo, pela maravilhosa forma de se expressar e, é claro, por compartilhar a vida em nossos dias!!!
    bjs e parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>